11 2626037699974-0597

Flor do dia: Gérbera

Gérbera, margarida da áfrica, margarida do transvaal

Herbácea perene, orignária da África, de 20-40 cm de altura, de florescimento vistoso. Folhas em roseta, lanuginosas na face de baixo. A gérbera é muito popular no Brasil, relativamente fácil de ser cultivada, seja em vasos, jardins, canteiros ou floreiras. Não exige muitos cuidados e tem boa adaptação em regiões de clima seco. Geralmente tolera bem solos mais secos, mas, em períodos de pouca chuva, deve contar com regas regulares, de uma a duas vezes por semana.

A gérbera pode ser encontrada em vários países a partir de cultivares oriundos da hibridização entre Gerbera jamesonii e Gerbera viridifolia – realizada na África do Sul. No japão, em 1980, foram os primeiros a desenvolver variedades da flor para plantio em vasos, o que trouxe um avanço para a difusão da cultura. A alternativa em relação ao cultivo no solo evita a ocorrência de doenças e facilita a nutrição da planta.

Flores reunidas em capítulos grandes, simpres ou dobrados, duráveis, vistosos e em cores varidas, solitários sobre hastes longas e firmes. formadas principalmente na primavera e verão. Possuem em média vinte tonalidades, que vão do vermelho ao branco, a gérbera é uma flor ideal para embelezar ambientes com cores vibrantes e intensas. Pode ser plantada em vasos ou disposta em arranjos florais, espetadas em espuma floral, ela decora tanto salas residenciais quanto empresas, como escritórios, consultórios, lojas e, inclusive, espaços para eventos. Por isso a gérbera é muito procurada em floriculturas, centrais de abastecimento e gôndolas de flores disponíveis em supermercados, o que mostra que sua produção pode ser uma atividade rentável para quem tem interesse em trabalhar com cultivo dessas flores.

Cultivada em grupos como planta de bordadura ou em conjutos isolados, a pleno sol, em canteiros estercados e bem preparados. Presta-se com excelència para a modalidade de flor de corte. Aprecia climas frios, mas também desenvolve-se em regiões subtropicais.

A multiplicação se dá por sementes postas a germinar no começo de outono, ou por mudas obtidas por divião de plantas no final do inverno.

Pertencente à família das Asteraceae, que inclui o girassol e a margarida, a gérbera possui uma haste longa e reta que dá sustentação ao que é chamado em botânica de capítulo – inflorescência formada de várias pequenas flores protegidas por folhas modificadas, denominadas brácteas. Quando associadas e mais desenvolvidas que as floretas reunidas em uma base circular, como na gérbera, as brácteas assumem forma, textura e cores e acaba sendo comum confundi-las com pétalas.

ONDE COMPRAR: sementes em envelopes são vendidas em supermercados, floriculturas e empresas especializadas; touceiras podem ser encontradas sobretudo em empresas instaladas em Holambra, SP

Se você for plantar em seu quintal
Sementes de gérbera podem ser adquiridas em lojas de produtos agropecuários, floriculturas, supermercados e empresas especializadas. O preço dos envelopes com 100, 150 e 200 sementes varia de R$ 1 a R$ 2. Cada semente produz uma touceira com flores diferentes das demais, enquanto exemplares mais uniformes são conseguidos com mudas micropropagadas, cujas vendas ocorrem em viveiros.

O solo para o plantio de gérbera deve contar com boa drenagem, pois a planta não tolera encharcamentos. O nível de fertilidade do solo deve ser de médio a alto e o pH ligeiramente ácido. Use a adubação orgânica ou a combinação NPK na proporção 4-10-8. No caso de mudas micropropagadas, coloque-as no centro da cova aberta e sob parte do substrato – que pode ser fibra de coco.

O cultivo da flor deve ser realizado em local arejado e onde há incidência de sol. Propagada por sementes, tem em geral na segunda floração a aparência mais vistosa. Com até 40 centímetros de altura, ela conta com variedades para corte, muito usada em floriculturas e para plantio em vasinhos, também muito utilizada em floriculturas de loja física ou online

Podem ser plantadas em vasos por evitar a ocorrência de doenças e facilitar a nutrição da planta. Para conseguir um crescimento mais acentuado das hastes florais, recomenda-se o uso de substratos compostos de vários tipos de materiais. Fibras de coco são vendidas em lojas de implementos e insumos agrícolas.

Atenção para o ESPAÇAMENTO Cultivos em solo devem ter covas abertas, com capacidade para três a cinco litros – o equivalente a 0,15 a 0,2 metro de diâmetro e espaçamento em torno de 0,3 a 0,4 metro.

Nada de cuidados em excesso, regue o plantio de gérberas de uma a duas vezes por semana. Dê preferência para fazer as irrigações durante os períodos mais secos. Estimule o surgimento de novas brotações com a realização, na fase final da floração, de podas rentes ao solo. Também é necessária a prática de podas de limpeza com o objetivo de retirar da planta as folhas velhas ou mortas.

Floração De um a dois meses após o plantio, a gérbera floresce. A planta pode ser mantida em vaso por dois anos, período que coincide com o do uso do substrato. No cultivo para corte, as hastes devem atingir de 0,3 a 0,4 metro.



Clique para ver se entregamos no local
Insira cep da entrega para consultar: Frete e Prazo de entrega