11 2626037699974-0597

Os melhores chocolates do Mundo

Existem diversos tipos de chocolate atualmente. Temos os tradicionais ao leite, amargo e branco, além dos trufados, recheados, crocantes, etc. Independente do gosto pessoal, a Bélgica, a Holanda, a França e a Suiça, se destacam como países produtores do melhor chocolate do mundo. De uns tempos prá cá, um marca italiana também vem ganhando bastante destaque entre os especialistas dessa saborosa iguaria - o Amadei - primeiro chocolate feito com cacau de uma única variedade genética, de semente cor branca pura.

Algumas marcas dos EUA também merecem destaque. No Brasil, são mais expressivas as contribuições dos produtores da Serra Gaúcha.

Seguem os top mais:
Godiva - Bélgica
Pierri Marcolini - Bélgica
Lindt - Suiça
Confiserie Sprungli - Suiça
Teuscher - Suiça
La Maison du Chocolat - França
Richart - França
Valrhona - França
Puccini Bomboni - Holanda
Vosges Haut-Chocolat - EUA
Scharffen Berger Chocolate - EUA
Jacques Torres Chocolate - EUA
Norman Love Confections - EUA
Richard Donnelly Fine Chocolates - EUA


A Florencanto, buscando atender aos paladares mais apurados e no intuito de agradar aos mais exigentes chocólatras, vem trabalhando há muitos anos com o delicioso chocolate Lindt, fabricados com os mais puros grãos de cacau, combinados com os mais finos ingredientes como frutas, licores, castanhas e cremes elaborados artesanalmente.

E, para vc saber um pouquinho mais dessa marca internacionalmente reconhecida, segue sua história: Tudo começou no mês de março de 1845 quando David Sprüngli-Schwarz e seu filho, Rudolf Sprüngli-Ammann, abriram a Sprüngli & Son, uma pequena confeitaria na parte antiga da cidade suíça de Zurique. Eles começaram então a aperfeiçoar uma nova receita italiana de chocolate em forma sólida. O sucesso foi tanto que dois anos mais tarde a empresa se mudou para a localidade de Horgen à beira do belo lago Zurich, onde abriu uma pequena fábrica com um quadro de apenas 10 empregados. Em 1870 a produção de chocolate foi mudada para uma instalação maior em Werdmühle em virtude da alta demanda. Com a aposentadoria de Rudolf Sprüngli-Ammann em 1892, seu negócio foi dividido entre os dois filhos. O mais novo, David Robert, recebeu duas confeitarias, conhecidas até hoje com o nome de Confiserie Sprüngli. O irmão mais velho, Johann Rudolf herdou a fábrica de seu pai e ampliou-a, equipando-a com os equipamentos mais modernos da época. Uma nova fábrica foi construída em 1899. Nesta mesma época ele comprou a pequena, mas extremamente famosa fábrica de chocolate de Rodolphe Lindt (fundada em 1879 na cidade de Berna), e com ela os segredos de fabricação dos chocolates mais cobiçados da época, formando assim a LINDT & SPRÜNGLI. Foi o mestre confeiteiro Rodolphe Lindt que com enorme dedicação, conseguiu transformar o gosto arenoso e ligeiramente azedo do delicado e cremoso chocolate que tanto apreciamos. A massa de chocolate era cremosa, refinada e homogênea. O pioneirismo de Lindt contribuiu para que os chocolates suíços se transformassem no mais famoso do mundo. Segundo a lenda, ele era um sujeito distraído que, certa vez, saiu para caçar e esqueceu as máquinas de sua fábrica de chocolate ligadas por três dias e três noites. A manteiga de cacau e a massa de chocolate ficaram girando em um misturador todo esse tempo. Quando voltou, seu erro tinha produzido um chocolate de textura lisa, aveludada, que, depois de resfriado e colocado em fôrmas, derretia milagrosamente na boca. Fruto do acaso ou não, o fato é que, em 1879, ele elevou o chocolate a um plano superior ao desenvolver um método para quebrar e misturar os componentes do chocolate já derretido. Desse modo, aprimorou o sabor e a textura da especialidade. Em 1905 a empresa abriu outra fábrica na cidade de Berna. Durante as duas décadas seguintes os chocolates suíços tiveram uma enorme explosão mundial, tanto que, em 1915, 3/4 da produção da empresa era exportada para mais de 20 países.



Clique para ver se entregamos no local
Insira cep da entrega para consultar: Frete e Prazo de entrega